Perguntas Frequentes

Envie a sua pergunta

Teremos prazer em responder

E caso a sua pergunta seja relevante poderemos incluir na listagem de preguntas e respostas.

Perguntas mais frequentes sobre troca de autopeças
e serviços de oficinas

Qual é a diferença entre peça original e peça de reposição?

A peça original integra o veículo na linha de montagem, enquanto a peça de reposição, produzida com as mesmas especificações da original, é dirigida à substituição dos componentes que se desgastam devido à dirigibilidade.

As peças de reposição de qualidade são apenas as que possuem a marca do fabricante do veículo na embalagem?

Não, os mesmos fabricantes que produzem as peças para as montadoras de veículos também fornecem os produtos com a qualidade e especificações técnicas das originais apenas com a diferença de estamparem na embalagem a marca.

Como identificar a qualidade de uma peça?

Procure uma oficina de confiança, onde um profissional terá condições de identificar as autopeças mais adequadas ao seu veículo. Caso queira comprar diretamente em uma loja de autopeças, é preciso ficar atento à origem e à procedência. Observe se na embalagem consta o nome do fabricante, número do CNPJ, endereço e identificação do modelo do veículo. Verifique também se a embalagem não foi violada. Exija nota fiscal e desconfie se o preço do componente estiver muito abaixo da média do mercado.

Como saber quando é hora de fazer manutenção do veículo?

Visitar a oficina periodicamente é vital para manter o veículo sempre em bom estado de segurança. Em caso de alguma dúvida, siga as orientações do fabricante do veículo (com relação à periodicidade de manutenção sugerida) e que constam do manual do proprietário. Lembrando que o fabricante preconiza manutenções específicas para cada período de tempo de uso e/ou distância percorrida.

Qual é a validade de uma peça?

Isso depende muito do tipo da peça, das condições de uso do veículo e também da forma de condução do motorista. É importante frisar que as peças de um veículo sofrem desgaste com o tempo de uso e precisam ser substituídas. A manutenção preventiva é a melhor forma de evitar o desgaste prematuro de peças.

Quais os riscos da falta de manutenção do veículo?

A falta de manutenção dos veículos é responsável por 30% dos acidentes de trânsito, segundo dados do Ministério dos Transportes. No Brasil, morrem todos os anos 35 mil pessoas vítimas de acidentes de trânsito (dados IPEA). Além disso, a falta de manutenção também aumenta a emissão de poluentes piorando a qualidade do ar nos grandes centros urbanos e causando uma série de doenças respiratórias na população.

A inspeção ambiental veicular ajudar a reduzir os níveis de emissões de poluentes?

Sim. Em todos os países, onde a medida foi implantada, ocorreu redução em mais de 40% dos níveis de poluentes emitidos pelos veículos.

O Brasil tem um programa de fiscalização da segurança dos veículos?

O Código de Trânsito Brasileiro prevê a implantação da inspeção em itens de segurança e o assunto está em tramitação no Congresso Nacional.

A Inspeção Técnica Veicular já existe em quase 50 países de todos os continentes, com resultados que demonstram a eficácia da medida com redução significativa de acidentes de trânsito.