Imprensa

 

Capacitação profissional é o caminho para a reparação

*Por Antonio Fiola

Nas últimas décadas, presenciamos uma série de mudanças relacionadas à tecnologia embarcada nos veículos. Os recursos eletrônicos, cada vez mais presentes, nos carros muda todo o conceito de manutenção. Hoje, para detectar o problema, é necessários fazer o diagnóstico apurado com equipamentos. O conhecimento técnico torna-se essencial nesse novo contexto da reparação de veículos e o Sindirepa tem procurado levar informação ao aos reparadores.

Este ano uma série de ações foram realizadas para promover a capacitação profissional da mão de obra do setor, como a criação do Comitê de Política Setorial da Reparação de Veículos do Estado de São Paulo que tem como objetivo formatar uma política setorial para a indústria da reparação de veículos, selecionando, organizando e comunicando os produtos e serviços que impactam positivamente a competitividade do segmento.

Formado pelo Sindirepa-SP, Sebrae, Senai, CB05/ABNT, IQA, Cinau e Fiesp, o comitê identificará qual será o caminho que o setor deverá trilhar nos próximos cinco anos seja na área de treinamento, indicadores e normas técnicas.

Outras iniciativas devem ser concluídas, em breve, entre elas, a certificação profissional do mecânico que será efetuada pelo Senai e que já está na fase final. Esta iniciativa visa valorizar a profissão, fazendo com que o mercado reconheça a qualificação do profissional. Também está em análise no Congresso Nacional o projeto de lei para regulamentação das oficinas.

2012 também foi marcado por outra conquista importante para o setor: a viabilização do Selo Sindirepa de Sustentabilidade, projeto da entidade em parceria com o Sebrae que visa promover a adoção de práticas de gestão e ambientais que podem trazer melhor resultado ao negócio. Desta forma, o reparador consegue avaliar melhor o seu negócio por meio de consultoria do Sebrae que subsidia os custos para as empresas.

Por meio do projeto Agentes Locais de Inovação (ALI), o Sebrae também oferece consultoria gratuita por até dois anos às empresas, auxiliando as oficinas que desejam adquirir o Selo SSS.

Em novembro, seis oficinas já conquistaram o selo e esperamos que centenas de outras empresas façam o mesmo e, assim, garantir melhores resultados.    

A capacitação da mão de obra é um ponto importante que a ser considerado na gestão. Os reparadores podem ajudar na formação de profissionais qualificados, com o apoio do IPP - Instituto Profissionalizante Paulista, que atua na capacitação de jovens de 14 a 24 anos.  O desenvolvimento do setor depende do envolvimento de todos.

* Antonio Fiola é porta-voz do GMA - Grupo de Manutenção Automotiva – Programa Carro 100% - www.carro100.com.br e presidente do Sindirepa Nacional e Sindirepa-SP

Add Pingback