CONHEÇA AS AUTOPEÇAS DE SEU VEÍCULO

 

Autopeças do seu veículo


Encontre no site


 

Receba nosso boletim eletrônico

Cadastre seu e-mail e estado para enviarmos direto na sua caixa de e-mails novidades sobre Manutenção Preventiva.

 Take a Tour


Tentou sair e não conseguiu? Pode ser motor de arranque

Cuidados simples podem ajudar a conservar o motor de partida, evitando o seu desgaste prematuramente

Ao acionar a chave para dar a partida no carro é o motor de partida que entra em operação, por isso que tem esse nome. Ele é um equipamento que está no cotidiano dos motoristas em dois momentos: quando aciona o motor ou quando não funciona. No primeiro momento sua ação passa despercebida, já no segundo é fonte de muita dor-de-cabeça.
 
O motor de partida é elétrico e funciona para acionar o motor a combustão do veículo quando o motorista gira a chave de ignição ou pressiona o botão de acionamento. Nesse momento, acontece o processo que consiste no equipamento acionar o pinhão que avança na cremalheira do motor de combustão girando-o.

Após a entrada do motor em funcionamento e a liberação (soltura) da chave, o motor de partida é desligado automaticamente. Isso explica o desenvolvimento desses equipamentos com dimensões menores e mais leves.

Mas o que pouca gente sabe é que hábitos equivocados podem provocar o seu desgaste prematuramente.

Quando o carro não quer pegar, pode estar ocorrendo falhas no motor de partida, alternador e bateria. Nesse caso, não insista em “tentar fazer o carro pegar na chave” pois o resultado será, sem dúvida, pior! Procure um mecânico da sua confiança imediatamente.

Existem alguns cuidados que os fabricantes recomendam que são simples e ajudam a manter o motor de partida em boas condições de funcionamento. Confira algumas dicas que podem ajudá-lo a manter esse equipamento em boas condições de uso:

  • Peça ao seu mecânico de confiança que verifique se os parafusos de fixação estão bem fixos e com todas as porcas bem presas. Por ser um equipamento de difícil visualização, aproveite para checar a fixação dos parafusos quando levar o seu carro para trocar o óleo ou algum outro reparo na oficina de sua confiança.
  • Os cabos elétricos do solenóide devem estar bem conectados, limpos e sem sinais de corrosão. Faça as devidas fixações e troque o que for necessário.
  • Quando há muito ruído ao girar a chave para dar partida do veículo, melhor fazer uma manutenção geral do equipamento para evitar maiores danos nessa peça que também podem comprometer a cremalheira do motor a combustão.  
  • Se o motor de partida estiver com "partida pesada", demorando para pegar, faça uma revisão imediatamente. Podem haver  problemas com a chave de ignição, com a bateria, com o aterramento ou até mesmo desgaste de algum componente interno do motor de partida. Ou tudo junto, o que seria bem pior!
  • Evite dar partidas prolongadas, pois o motor de partida pode superaquecer, queimar prematuramente ou apresentar desgaste excessivo.
  • Nunca "empurre" o veículo até algum ponto desejado com uso do motor de partida. Em alguns casos, quando não há combustível no tanque, o motorista aciona a chave com o veículo engrenado. Isso causa superaquecimento do motor de partida, podendo queimá-lo ou, no mínimo, provocar o desgaste prematuro do equipamento.

Ao identificar qualquer sinal de falha no motor de partida, o melhor a fazer é procurar solucionar o problema imediatamente. “Empurrar com a barriga” e fazer “vistas grossas”, só vai piorar ainda mais a questão. Sem contar que o carro pode parar de funcionar nas mais adversas situações possíveis, colocando em risco a sua segurança, geralmente quando você menos espera. Por isso, fique atento aos sinais que o seu carro dá, como ruídos diferentes e falhas e faça revisões periódicas na sua oficina de confiança.